Notícias

Projeto Educando com Horta Escolar é solicitado ao Executivo

hortaescolar_g

hortaescolar_g

O vereador Cid Corrêa/PR enviou correspondência ao Prefeito Aluísio e ao Secretário Municipal de Educação, Geraldo Reginaldo, reivindicando que Formiga se inscreva no projeto “Educando com a Horta Escolar”, do Ministério da Educação.

 

O Projeto Educando com a Horta Escolar resulta da cooperação técnica entre a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação do Ministério da Educação (FNDE/MEC) e objetiva a formação e cultivo de hortas escolares orgânicas.

O projeto visa auxiliar no combate a fome, a desnutrição, as deficiências de micro nutrientes e as enfermidades produzidas por alimentação excessiva ou inadequada. A partir dos anos oitenta, doenças como diabetes, hipertensão arterial e obesidade tiveram o aumento alarmante de 240%, agravando, juntamente com os males oriundos da subnutrição, a situação da saúde pública do Brasil.

Nesse contexto, o Educando com a Horta Escolar foi concebido com a finalidade de intervir na cultura alimentar e nutricional dos escolares da faixa etária de 7 a 14 anos, com base no entendimento de que é possível promover a educação integral de crianças e jovens de escolas e comunidades do seu entorno, por meio das hortas escolares incorporando a alimentação nutritiva, saudável e ambientalmente sustentável como eixo gerador da prática pedagógica.

Por meio da horta escolar, o projeto também objetiva uma outra abordagem do currículo e estimula práticas escolares mais dinâmicas, prazerosas e contextualizadas com a realidade social dos educandos, reafirmando a importância da discussão integrada das temáticas alimentação, nutrição, ambiente e currículo escolar.

O Ministério da Educação já implantou em vários municípios hortas escolares, enviando verba e fornecendo os materiais didático-pedagógicos para aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais da educação, tendo sido oferecidos eventos de capacitação de professores e merendeiras, realizando diagnósticos nutricionais e eventos para socialização das informações dos municípios envolvidos.

Segundo o vereador Cid Corrêa/PR a horta escolar proporciona uma grande variedade de alimentos a baixíssimo custo, no lanche das crianças, permitindo, inclusive, que a comunidade tenha acesso a essa variedade de alimentos por doação ou compra e também se envolva nos programas de alimentação e saúde desenvolvidos na escola. “Esse projeto ainda proporciona vários cursos de capacitação de professores. E, reforça a importância que a escola tem no desenvolvimento da comunidade que está ao seu redor”, destacou Cid Corrêa.

horta1

O Projeto Educando com a Horta Escolar favorece o (a):

• Promoção da segurança alimentar e nutricional do escolar no contexto do direito humano à alimentação adequada; 
• Operacionalização do diagnóstico nutricional dos educandos envolvidos no Projeto; 
• Inserção da educação alimentar e nutricional no currículo escolar e no cotidiano da prática educacional dos sistemas e redes de ensino; 
•  Intercâmbio de conhecimentos e de experiências entre entidades envolvidas com a promoção da alimentação saudável; 
• Respeito à diversidade cultural e à preferência alimentar local do município; 
• Real participação da sociedade civil no acompanhamento da execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar. 
• Implantação e implementação de hortas escolares nas escolas selecionadas, com recursos oriundos do Projeto; 
• Melhoria da qualidade da educação nas escolas envolvidas e nas demais escolas do município por meio das formações coletivas de professores; 
• Formação sistemática de gestores municipais, professores, merendeiras e de agricultores familiares, sobre temas como currículo escolar, educação ambiental, alimentar e nutricional; 
•  Acesso a materiais didáticos sobre tais temas; 
• Divulgação dos resultados obtidos por meio de material visual e de página na WEB; 
• Fortalecimento das ações de controle social junto às Entidades Executoras do PNAE.

OBJETIVOS DO PROJETO HORTA ESCOLAR:

• Promover estudos, pesquisas, debates e atividades sobre as questões ambiental, alimentar e nutricional;
• Oportunizar trabalhos escolares dinâmicos, participativos, prazerosos, inter e transdisciplinares;
• Estimular descobertas e inovações tecnológicas na escola;
• Gerar aprendizagens múltiplas;
• Integrar os diversos profissionais da escola por meio de estudos e pesquisas sobre o tema currículo escolar;
• Interferir nos indicadores de desempenho dos educandos, ou seja, melhorar, significamente, os resultados de aprendizagem;
• Oportunizar a participação da comunidade nas atividades escolares;
• Propiciar o comprometimento dos educandos com o ambiente e a saúde comunitária;
• Reeducar e estimular um estilo de alimentação saudável;
• Gerar relações interpessoais mais respeitosas das individualidades e diversidades, além de práticas humanas mais cooperativas, solidárias e fraternas. 

* Fonte: www.educandocomahorta.org.br