Notícias

Diretoria da Santa Casa tira dúvidas de vereadores e Câmara aprova acordo entre hospital e Município

Provedora, tesoureiro e assessor jurídico da instituição estiveram na reunião ordinária do Legislativo a convite da Comissão Especial de Saúde

 

A Comissão Especial de Saúde da Câmara Municipal, por meio do seu presidente, Sandromar Vieira (Sandrinho da Looping/PDT), convidou a direção da Santa Casa de Caridade de Formiga para uma visita ao Legislativo. O objetivo era tirar dúvidas dos vereadores quanto à gestão e à realidade financeira do hospital.

A diretoria da Santa Casa escolheu a reunião ordinária da noite de ontem, dia 19, para comparecer. Os vereadores tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas junto à provedora do hospital, Anice Kallas Bottrel, ao tesoureiro, Carlos Eduardo Senne de Moraes, e ao assessor jurídico, Antônio Monteiro. Os cidadãos presentes no plenário também puderam fazer questionamentos por escrito.

A secretária Municipal de Saúde, Denise Mota, também esteve presente na Câmara e prestou alguns esclarecimentos sobre questões ligadas à Prefeitura.

Após a explanação da direção da Santa Casa, os vereadores concordaram em levar a plenário, para votação, o Projeto de Lei 118/18, que autoriza o Município a realizar acordo judicial com o hospital para o pagamento de dívidas. O projeto foi aprovado por unanimidade, com os vereadores destacando a urgência de a Prefeitura iniciar os pagamentos para que a Santa Casa possa amenizar suas dívidas junto aos servidores, principalmente os médicos.

 

O acordo

 

Segundo a justificativa que acompanha o Projeto de Lei 118/18, o acordo tem o objetivo de “reparar prejuízos que estão sendo suportados pela Santa Casa em razão do repasse a menor de recursos previstos nos convênios 016/2013, 028/2013, 027/2015, 030/2015, 067/2016 e 068/2016”.

Na Justiça, o hospital e o Ministério Público pleitearam inicialmente indenização de R$ 1.777.417,27. O acordo reduz o montante para R$ 1.461.341,14, sendo ele dividido em 35 parcelas iguais, mensais e sucessivas no valor de R$ 41.752,60.

 

Carlos Eduardo e Anice responderam os questionamentos dos vereadores

 

A secretária municipal de Saúde também esteve presente e prestou alguns esclarecimentos sobre questões ligadas à Prefeitura

Acessibilidade
%d blogueiros gostam disto: