Notícias

Projeto que proíbe soltura de fogos de artifício com estampido é aprovado

Causadores de inúmeros danos e desconfortos a crianças, idosos, acamados, portadores de doenças mentais e a animais domésticos, os fogos de artifício com estampidos, assim como quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sono ruidoso, estão com os dias contados em Formiga. Durante a reunião de ontem, dia 25, a Câmara Municipal de Formiga aprovou projeto de lei, de autoria do vereador Sidney Ferreira/PDT, que proíbe a utilização de tais materiais na cidade. Agora, a proposta segue para sanção do prefeito Eugênio Vilela/PP.

Para quem descumprir a lei, está prevista multa de 10 a 50 UFPMF (Unidade Fiscal da Prefeitura Municipal de Formiga), atualmente no valor de R$ 239,44 cada unidade.

A lei ressalta que os fogos que produzem somente efeito visual, assim como seus semelhantes que acarretem barulho de baixa intensidade, não estão proibidos.

Na justificativa que acompanha o projeto, Sidney destaca que tal lei já é aplicada em diversos municípios do país, “atende o anseio de grande parte da população formiguense” e melhora a qualidade de vida das pessoas e dos animais.

No dia 25 de abril do ano passado, foi realizada audiência pública para debater o tema, que contou com a participação de membros do Corpo de Bombeiros, da sociedade civil, da Apaf (Associação Protetora dos Animais de Formiga) e profissionais enfermeiros e veterinários, tendo todos se posicionado favoráveis à proposta.

Acessibilidade
%d blogueiros gostam disto: