Notícias

Presidente da Comissão Especial de Saúde utiliza tribuna para solicitar informações da pasta

Sandrinho da Looping apresentou números fornecidos pela assistente social do Legislativo e cobrou da secretaria explicações sobre a realização de atendimentos e exames

 

A secretária municipal de Saúde, Denise Mota Meneses, esteve no Legislativo no dia 14 passado falando sobre os trabalhos da pasta. No entanto, a fala da secretária não tirou todas as dúvidas do presidente da Comissão Especial de Saúde do Legislativo, Sandrinho da Looping/PDT. Na reunião passada da Câmara, ocorrida no dia 21, o vereador utilizou a tribuna da Casa para solicitar mais informações de Denise.

Ao iniciar sua fala, Sandrinho explicou que, por causa da regra contida no Regimento Interno da Câmara que limita o tempo para a realização de perguntas, ele não conseguiu fazer todos os questionamentos que queria e nem suas considerações finais sobre a presença de Denise na Câmara. Então, o vereador pediu que as perguntas ali feitas por ele sejam enviadas à Secretaria de Saúde.

Sandrinho cobrou que a pasta envie os dados detalhados de todas as perguntas respondidas por Denise na visita ao Legislativo. “Ela nos falou muitas coisas, mas sem apresentar os números, que são muito importantes para confirmar as informações passadas. Ela disse que nos enviaria tudo, mas, após uma semana, não chegou nenhum ofício aqui na Câmara”, observou.

O representante do PDT ainda expôs números sobre os atendimentos relativos à saúde realizados pela assistente social do Legislativo, Maria Cristina Carvalho. “Muitas pessoas procuram a Câmara para receber encaminhamento para consultas e exames. Isso mostra que existem falhas na Secretaria de Saúde na realização desses exames e consultas. Quero que a senhora Denise, que está à frente da pasta, envie para esta Casa os dados sobre a realização de consultas e exames no Município, para que vejamos se esses serviços estão sendo prestados corretamente”, ponderou Sandrinho.

Por fim, o vereador destacou que está cumprindo seu papel de fiscalizador, que a saúde é de extrema importância para a população e, por isso, os serviços prestados pela pasta têm de ter um nível de excelência.

Acessibilidade
%d blogueiros gostam disto: