Notícias

Câmara antecipa devolução de saldo financeiro ao Executivo para que Maternidade não fechasse

devolução cheque prefeitura 3 1

  Na manhã desta terça-feira, 27, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Formiga, Evandro Donizeth/Piruca, Luciano do Trailler, Arnaldo Gontijo e Mauro César em acordo com os demais vereadores: Débora Brás, Flávio Couto, Juarez Carvalho, Pastor Manoel e Rogerinho do Fórum, atendendo ao pedido do vereador Cabo Cunha, devolveu ao Poder Executivo R$ 210.000,00 para que o setor de maternidade não paralise seus serviços.
  No último dia 6, a Santa Casa em nota informou que um dos motivos para a paralisação do setor seria uma dívida da Prefeitura com o hospital, referente ao convênio nº 067/2016 que estaria atrasado desde o mês de agosto deste ano.
  Uma reunião ocorrida no Ministério Público no último dia 13, entre a Promotora Clarissa Gobbo dos Santos, representantes da mesa administrativa da Santa Casa, representantes da prefeitura e o vereador Cabo Cunha se fez necessária uma vez que o Executivo não havia cumprido o convênio. Porém, o Executivo se negou a pagar a dívida naquele momento, sendo que neste convênio está o serviço de obstetrícia
  Dias depois, outra reunião ocorreu com integrantes do Ministério Público, Judiciário e Executivo, nesta segunda tentativa houve o compromisso do Executivo em repassar em até 48 horas saldo da Câmara Municipal à Entidade.
  Atualmente a Santa Casa é responsável por atender todas as gestantes de Formiga, onde 90% dos atendimentos são referentes ao SUS que são pagos com o valor firmado com a prefeitura por meio do convênio.
  Participaram do ato de devolução na sede do Executivo os Vereadores Cabo Cunha, Flávio Couto, Luciano do Trailler e o presidente Piruca.
   A devolução se dá em face da necessidade de recursos orçamentários por parte do Poder Executivo, sendo que durante o ano de 2016, até a data de hoje (26), o Legislativo devolveu aos cofres públicos um total de R$640.000,00.

%d blogueiros gostam disto: