Notícias

Câmara recebe mais de 200 pessoas em prestação de contas da ALMG

A 18ª Reunião de Prestação de Contas Regionalizada da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizada na Câmara Municipal de Formiga nesta segunda-feira, 25, trouxe novas demandas para os deputados mineiros. Todos os vereadores estiveram presentes.

No evento, o presidente da Câmara agradeceu a presença de todos dando boas vindas e solicitou ao presidente da Assembléia Legislativa, Dinis Pinheiro a liberação do Canal da TV Assembléia para a transmissão das reuniões plenárias do Legislativo.

 A população e os representantes locais pediram a duplicação da MG-050 e a melhoria das condições da rodovia, além da diminuição do pedágio cobrado pela empresa concessionária.

A necessidade de duplicação da MG-050 foi reforçada pelos deputados Anselmo José Domingos (PTC) e Fabiano Tolentino (PSD) durante o evento. Os parlamentares destacaram a visita que será realizada no mês de maio à rodovia, no trecho entre São Sebastião do Paraíso e Juatuba, para avaliar as suas condições.

Além da MG-050, o deputado Pompilio Canavez (PT) reforçou a ação da ALMG para a criação de uma hidrovia no lago de Furnas. Ele anunciou que os estudos socioeconomicos e ambientais já estão sendo realizados pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Segundo ele, o primeiro trecho da hidrovia, ligando Formiga ao Sul de Minas, deve ser inaugurado no ano que vem.

O deputado Carlos Pimenta (PDT) destacou a baixa qualificação dos trabalhadores do Centro-Oeste mineiro, especialmente os da cidade de Formiga. “Muitos trabalhadores vão para a zona rural e não têm conhecimento nem mesmo dos equipamentos de segurança necessários para o trabalho”, afirmou.

A questão da agricultura também foi levantada pelo deputado Antônio Carlos Arantes (PSC). Ele ressaltou que, em 2012, o elevado número de roubos de gado em Formiga e região foi tema de audiência pública na ALMG. Para ele, o novo código florestal estadual também precisa ser discutido urgentemente em Minas Gerais.

O evento contou com a participação da população local. Entre as reivindicações feitas, estão a implantação do projeto Saúde Móvel na cidade, a melhoria das condições de vida dos idosos, a realização de parcerias para o tratamento do lixo na região e a regulamentação para o uso de celulares em estabelecimentos escolares.

Dinis Pinheiro defende renegociação da dívida do Estado

Durante o evento, o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), reforçou a luta da Assembleia pela renegociação da dívida dos Estados com a União. Segundo ele, os juros cobrados pelo Governo Federal são uma “verdadeira agiotagem”. O deputado reforçou que só Minas Gerais deverá pagar, em 2013, cerca de R$ 5 bilhões em juros.

Dinis Pinheiro ressaltou ainda os esforços da ALMG para que sejam recolhidas mais de um milhão de assinaturas para a apresentação do projeto de iniciativa popular que pede que o Governo Federal invista, pelo menos, 10% do orçamento na saúde pública, a Campanha Assine + Saúde. Para o deputado, houve uma inversão, da década de 90 para cá, em relação aos aportes dos municípios, dos Estados e da União nesta área. “Nos anos 90, a União bancava 60% da saúde e os Estados e municípios, o restante. Hoje esse quadro se inverteu. Só a Prefeitura de Ibirité (Central), por exemplo, investiu no ano passado 29% do seu orçamento na área da saúde”, explicou.

Já os deputados Dilzon Melo (PTB), Bosco (PTdoB), Mário Henrique Caixa (PCdoB) e a deputada Luzia Ferreira (PPS) destacaram o importante trabalho de interiorização realizado pela Assembleia. Eles destacaram ainda o papel precursor da ALMG na discussão de pontos delicados, como a segurança pública, a saúde, a renegociação da dívida dos Estados com a União e a importância do legislativo municipal para o atendimento das demandas da população local.

Estiveram presentes na reunião em Formiga representantes de 18 cidades da região – Aguanil, Arcos, Camacho, Cana Verde, Carmópolis de Minas, Córrego Fundo, Cristais, Iguatama, Japaraíba, Oliveira, Pains, Passa -Tempo, Pimenta, Piracema, Pedra do Indaiá, Conceição do Pará, Santo Antônio do Monte e Tapiraí.

Próximos passos – Durante a reunião, a população pôde propor ações para a melhoria das condições de vida na região, a partir do preechimento de um formulário. As propostas serão recebidas e sistematizadas pela equipe técnica da Assembleia e vão subsidiar os parlamentares em seu trabalho de criação de projetos de lei e de outras iniciativas em favor do povo mineiro. Após essa sistematização, aqueles que enviaram pedidos e sugestões receberão uma resposta da ALMG.

%d blogueiros gostam disto: